A Guerra em São Januário

terça-feira, 28 de maio de 2013

GABRIEL LAMENTA EMPATE COM O SANTOS - TIVEMOS A PARTIDA NAS MÃOS

Apesar do empate contra o Santos, o Flamengo jogou bem na estreia do Brasileirão. Jorginho saiu satisfeito com o futebol apresentado por seus jogadores e a torcida no Estádio Mané Garrincha reconheceu o esforço do time. Faltou mesmo foi balançar a rede, mas o meia Gabriel diz já saber como corrigir esse erro.

"Faltou um pouquinho de calma. É normal a ansiedade da estreia, era um panorama novo, mas acredito que vamos melhorar. Eu, particularmente, preciso melhorar minha finalização. Ao longo do campeonato, com muito trabalho, vamos melhorar esse fundamento", disse Gabriel, que cobrou mais precisão do grupo, mas também elogiou a atuação da equipe:

"Fizemos uma grande partida e fomos organizados taticamente. Nós criamos muitos espaços e chegamos com facilidade ao ataque. A gente atacou muito e acredito que nossa equipe ainda tem muito a crescer no campeonato."

No jogo contra o Santos, Gabriel jogou com a camisa 10. Ao longo de todo o Campeonato Brasileiro, o jogador vai atuar com o mesmo número. Isso porque o Flamengo definiu que a numeração será fixa até o fim do ano.

"Não escolhi a 10, mas caiu para mim. Fico feliz, mas o mais importante é estar vestindo a camisa do Flamengo. Acredito que a cobrança será ainda maior porque é o número que usava o maior ídolo do clube, mas, ao mesmo tempo, boas vibrações vêm também. Sem contar que a 10 impõe respeito aos adversários", falou Gabriel.

Autor: Comunicação
Fonte: Site Oficial do Clube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores