A Guerra em São Januário

domingo, 30 de junho de 2013

BRASIL 3 X 0 ESPANHA - VITÓRIA HISTÓRICA COM OLÉ NA ESPANHA - O CAMPEÃO VOLTOU EM FOTOS E VÍDEO

BRASIL DA OLÉ NA ESPANHA



FRED (2) - NEYMAR (1) - ARTILHEIROS DA NOITE SAÍRAM CONSGRADOS DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES.

UM JOGO PARA QUEM TEM CORAÇÃO FORTE ! E O BRASIL TEVE MUITA GARRA E FUTEBOL.

A seleção brasileira dominou o jogo e não deixou a Espanha se encontrar em campo. Marcando sob pressão, roubando a bola e partindo para cima do adversário, o time do Brasil fez uma ótima partida e conquistou merecida vitória.




FRED - caído consegue tocar para as redes de Casillas


É TUDO ALEGRIA

O JOGO - PRIMEIRO TEMPO

1' - O Brasil marca sob pressão

1'30'' - David Luiz faz longa inversão de bola e Hulk mata no peito para depois de tabelar com Oscar cruzar. Neymar e Fred foram para a disputa de bola com a zaga da Espanha, na sobra, caído, Fred foi mais rápido que Casillas e marcou o primeiro gol do Brasil


7' - O Brasil continua pressionando

8' - Triangulação pelo lado esquerdo do ataque do Brasil, Marcelo, Neymar e Fred trocam bola, e Oscar aparece para finalizar e quase marcar o segundo gol do Brasil

12' - Paulinho tenta encobrir Casillas, que adiantado tem dificuldade para defender

15' Neymar sofre violenta falta no meio de campo- Ele ia sozinho para o gol de Casillas - AMARELO para Arbeloa.

19' - Iniesta, de longe, chuta para Julio Cesar espalmar para escanteio

20' - O Brasil marca sob pressaõe a Espanha não consegue jogar

28' - Contra- Ataque do Brasil, Hulk avança e lança Oscar que é derrubado na entrada da área - AMARELO para Sergio Ramos

40' - A Espanha tem sua grande chance no jogo. David Luiz salva milagrosamente em cima da linha

Nesse vídeo do Youtube, não dá para ver o GOL DE NEYMAR, mas, dá para sentir o clima entre a torcida festejando.


43' - Contra- Ataque com Oscar lançando Neymar que entra pela esquerda e fuzila, sem chance para Casillas. Brasil 2 x 0


INTERVALO - O jogo foi duro, com entradas até violentas.



SEGUNDO TEMPO

2' - FRED marca o terceiro GOL do Brasil

9' - Pênalti contra o Brasil - Sergio Ramos bate para fora

12' - Iniesta chuta forte para a defesa de Julio Cesar

18' - Neymar lança Marcelo que entra pela esquerda e chuta na rede pelo lado de fora. FRED reclama

22' - Neymar é derrubado na entrada da área - O zagueiro Piquet é expulso - A Espanha fica com 10 jogadores e não mostra nenhuma condição de reação


27' - Entra Jadson no lugar de Hulk

30' A TORCIDA GRITA OLÉ !!! - O Brasil toca a bola

34' - Entra Jô no lugar de FRED

35' - A Espanha ataca e Pedro fuzila. Outra defesa de Julio Cesar

40' - A TORCIDA CANTA - O CAMPEÃO VOLTOU !

45' - OLÉ !

47' - ACABOU - BRASIL CAMPEÃO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013

A FESTA

O GRUPO CAMPEÃO



A TAÇA É NOSSA - BRASIL É TETRACAMPEÃO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES.





Brasil e Espanha fizeram na noite de hoje (19 horas) no Maracanã a tão esperada decisão da Copa das Confederações 2013.  Sem sombra de dúvida a seleção da Espanha que era a favorita por ser superior no conjunto, não conseguiu jogar seu futebol de envolventes toques e passes.  O Brasil, partiu pra cima, e dominou o jogo, além do apoio da torcida, a equipe esteve bem com FRED, NEYMAR, MARCELO  OSCAR e DAVID LUIZ em dia muito inspirado. 


FICHA TÉCNICA

BRASIL 3 X 0 ESPANHA


Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 30/6/2013, às 19h


BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho (Hernanes) e Oscar; Hulk (Jadson), Neymar e Fred (Jô). Técnico: Felipão

ESPANHA: Casillas, Arbeloa (Azpilicueta), Piqué, Sergio Ramos e Alba; Busquets, Xavi, Iniesta e Mata (Jesús Navas); Pedro e Fernando Torres (David Villa). Técnico: Vicente Del Bosque

Gols: Fred, aos 2'/1ºTempo; Neymar, aos 44'/1ºTempo e Fred, aos 2'/2ºTempo

Árbitro: Bjorn Kuipers (HOL) 

Assistentes: Sander Van Roekel (HOL) e Erwin Zeinstra (HOL)

Público: 73.531 presentes
Cartões amarelos: Arbeloa, Sergio Ramos (ESP)
Cartão vermelho: Piqué (ESP)



O PALCO DO JOGO

NOVO MARACANÃ


VÍDEO





EM DESTAQUE


O MELHOR JOGO DO BRASIL ATÉ ENFRENTAR A ESPANHA


A PARTIDA MAIS EMOCIONANTE

ESPANHA X ITÁLIA



ÁRBITRO DA PARTIDA


Holandês Bjorn Kuipers foi o juiz da final da Copa das Confederações. Não interferiu no resultado, mas errou em alguns lances de forma inaceitável para um árbitro da FIFA. FOI TOLERANTE COM A VIOLÊNCIA, economizando nos cartões amarelos.


Assistentes : Sander Roekel e Erwin Zenstra (ambos da Holanda)

quarta-feira, 26 de junho de 2013

BRASIL 2 X 1 URUGUAI - SELEÇÃO ESTÁ NA FINAL DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

BRASIL PEGA O VENCEDOR DE ESPANHA x ITÁLIA - FINAL DE DOMINGO NO MARACANÃ


O nome do jogo - PAULINHO


LOCAL: ARENA MINEIRÃO - BELO HORIZONTE
16:00 horas


CONHEÇA A ARENA - VÍDEO 


SEGURANÇA


Foto Portal Terra - MANIFESTANTES preparam cartazes de protestos.

A Polícia Militar divulgou nota informando que o policiamento será reforçado visando assegurar não só o acesso seguro e tranquilo de todos os que vão estádio para assistir a partida e trabalhar, da mesma forma que, aos manifestantes que desejam fazer seu protesto em clima de tranquilidade. Os excessos e atos de vandalismo serão reprimidos. A FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA também estará participando do policiamento e do acompanhamento das manifestações.

CHEGUE CEDO

QUEM VAI AO JOGO DEVE PROCURAR CHEGAR CEDO E EVITAR CORRERIAS E ATROPELOS.

FICHA TÉCNICA

Brasil

Julio Cesar; Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva e Marcelo; Luiz Gustavo e Paulinho; Oscar, Neymar e Hulk; Fred.


40' - Primeiro tempo -FRED marcou o primeiro gol do Brasil, após linda jogada de Neymar, matando no peito um lançamento de Paulinho.  Musrela rebateu e Fred de voleio pegou de raspão na bola que acabou entrando no canto esquerdo

URUGUAI
Musrela; Pereira, Lugano, Godín e Cáceres; Rios, Pérez e Gonzáles; Forlán, Suárez e Cavani.

14' do primeiro tempo - Forlán bateu pênalti que Deivid Luiz cometeu em Lugano. Julio Cesar mergulhou para defender e salvar o Brasil, evitando o gol do Uruguai.

Árbitro - Enrique Osses - Chile


<>
VAMOS AO JOGO

Primeiro Tempo


Julio Cesar defende pênalti

Muito diferente das partidas que o Brasil fez até agora na Copa das Confederações, dessa vez a seleção ficou acuada e foi o Uruguai quem teve todo o domínio do jogo, até que aos 14 minutos, na cobrança de um escanteio, Deivid Luiz cometeu pênalti claro em Lugano, que foi agarrado pela camisa e derrubado na área.  Forlán cobrou e Julio Cesar fez brilhante defesa. Nem isso foi o suficiente para que a seleção de Felipão conseguisse se encontrar na partida. Com Neymar muito marcado e um meio de camposem criatividade o Brasil teve dificuldade para sair jogando. Só aos 30' da primeira etapa nossa seleção conseguiu equilíbrio para começar a ameaçar o Uruguai.

Aos 40', num lançamento de Paulinho, Neymar fez linda jogada, obrigando o goleiro uruguaio a fazer defesa parcial, que no rebote sobrou para FRED marcar.

Segundo Tempo

O Uruguai empatou logo aos 3' com Cavani, e o jogo ficou lá e cá, com uma acirrada disputa pela posse de bola. As duas seleções tiveram chances de gols que acabaram não se concretizando. A partir dos 30' o Brasil passou a ter mais domínio, a entrada de Bernard e Hernanes tornaram o time mais agressivo, com melhor toque de bola. Aoa 43' Neymar cobrou escanteio e Paulinho subiu para de cabeça marcar o segundo gol do Brasil que está agora na FINAL da Copa das Confederações.

SÚMULA

BRASIL 2 X 1 URUGUAI
Local: Mineirão - Belo Horizonte (MG)

BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Hernanes): Hulk (Bernard), Neymar (Dante) e Fred. Técnico: Felipão.

URUGUAI: Muslera; M. Pereira, Godin, Lugano e Cáceres; A. Gonzalez (Gargano), Arévalo e C. Rodriguez; Cavani, Forlán e Suaréz. Técnico: Oscar Tabaréz.


Gols: Fred, aos 41'/1º Tempo (1-0), Cavani, 3'/2º Tempo (1-1), Paulinho, 41'/2º Tempo (2-1)

Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza (CHI) e Sergio Roman (CHI)
Público: 57.483 presentes
Cartões amarelo: David Luiz, Luiz Gustavo, Marcelo (BRA); Cavani, A. Gonzalez (URU)

sábado, 22 de junho de 2013

BRASIL 4 X 2 ITÁLIA - COPA DAS CONFEDERAÇÕES - VITÓRIA EMPOLGANTE EM PARTIDA MUITO DISPUTADA - VÍDEO


FRED - O atacante brasileiro desencantou e fez, além de dois gols, (um deles belíssimo) uma partida para a equipe, armando jogadas, funcionando como um pivô, e correndo muito, aparecendo inclusive na defesa na hora em que a Itália pressionava.


VALE A PRIMEIRA COLOCAÇÃO NO GRUPO E ESCAPAR DE PEGAR A ESPANHA NAS SEMIFINAIS - Com a vitória de hoje o objetivo foi alcançado, a equipe brasileira vai agora para Belo Horizonte onde espera para ver se pega URUGUAI ou NIGÉRIA, que enfrentam respectivamente TAITI e ESPANHA, como adversário na próxima Quarta-Feira.

LOCAL
ARENA FONTE NOVA - BAHIA - SALVADOR


O clima em Salvador foi tranquilo. Não foi registrado nenhum incidente. Ocorreram pequenos e verdadeiramente pacíficos protestos. No Centro Histórico da Cidade tem festa para comemorar a bela vitória do Brasil.



O JOGO

O Brasil começou a partida em cima da Itália, pressionando a saída de bola e conseguindo já aos 4 minutos quase marcar numa jogada em que após roubada de bola Hulk fuzilou para que o goleiro italiano espalmasse. Aos poucos o time da Itália foi equilibrando o jogo e a partida foi do principio ao fim repleta de lances de emoção. Além dos seis gols, ocorreram lances de perigo o tempo todo, exigindo dos dois goleiros e das defesas muito empenho. Os lances violentos também foram numerosos e a arbitragem não esteve bem. Um dos gols do Brasil foi irregular, Fred estava em posição de impedimento.


Outra boa atuação do atacante brasileiro. Fez, cobrando falta, o segundo gol do Brasil

VÍDEO YOUTUBE - OS GOLS



FICHA TÉCNICA

ITÁLIA 2 X 4 BRASIL

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data/Hora: 22/6/2013
ITALIA: Buffon, Abate (Maggio), Bonucci, Chellini, Sciglio; Montolivo (Giaccherini), Aquilani, Machisio, Candreva, Diamanti (El Shaarawy); Balotelli. Técnico: Cesare Prandelli.

BRASIL: Julio Cesar, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz (Dante), Marcelo; Luiz Gustavo, Hernanes, Oscar; Hulk (Fernando), Neymar (Bernard) e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari.


GOLS: Dante, 45' - 1º Tempo (0-1); Giaccherini, 6'- 2º Tempo (1-1); Neymar, 9' - 2º Tempo (1-2); Fred, 20' - 2º Tempo (1-3); Chiellini, 25' - 2º Tempo (2-3); Fred, 42' - 2º Tempo (2-4)


Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)
Auxiliares: Abdukhamidullo Rasulov (UZB) e Bakhadyr Kochakarov (KGZ)
Público: 48.874 pagantes
Cartões Amarelos: Machisio (ITA); David Luiz, Neymar, Luiz Gustavo (BRA)




sexta-feira, 21 de junho de 2013

Copa de 2014 está garantida no Brasil - Fifa descarta realizar o evento em outro país

A Copa do Mundo de 2014 será no Brasil e a Federação Internacional de Futebol (Fifa) descrata qualquer possibilidade de transferência do evento para outro país. A informação foi dada hoje pelo porta-voz da entidade, Pekka Odriozola. Ele desmentiu também a possibilidade do cancelamento da Copa das Confederações, mas ressaltou que as manifestações corridas no país nos últimos dias surpreenderam os dirigentes da Federação.

Odriozola disse que não há como dizer se haverá mudança no esquema de segurança para o evento que acontecerá no Brasil no ano que vem. “Faremos análises após a Copa das Confederações, para avaliar o que deu certo e o que deu errado”, afirmou. Sobre o apedrejamento de ônibus da Fifa em Salvador ontem, Odriozola informou que ninguém ficou ferido porque os veículos estavam estacionados, vazios, quando foram alvejados por manifestantes.

O porta-voz da Fifa disse que o presidente da entidade, Joseph Blatter, que não está mais no Brasil, está sendo constantemente informado sobre os protestos no país. Já porta-voz do Comitê Organizador Local da Copa das Confederações, Saint-Clair Milesi, disse que mesmo sem esperar que acontecessem as manifestações, a organização do evento estava preparada para diversos cenários envolvendo a segurança dos envolvidos no torneio.

“Do lado operacional, para as medidas de segurança, nós pensamos em muitos cenários, mas não esperamos que isso fosse acontecer. Você precisa estar preparado para qualquer coisa”, disse Milesi.

Milesi qualificou como um boato a informação de que a Itália planejava deixar a Copa das Confederações devido aos protestos. “A própria Itália está achando absurda [essa informação]”, disse o porta-voz do Comitê. De acordo com a Fifa, nenhuma seleção fez um pedido oficial para abandonar a competição.

Com agências

quinta-feira, 20 de junho de 2013

FLAMENGO DE MANO MENEZES TEM CÁCERES E JOÃO PAULO NO COLETIVO

O time base do Flamengo no coletivo de hoje (quinta-feira 20/06), o primeiro comandado por Mano Menezes, apresentou algumas novidades. Wallace, Cáceres e João Paulo estiveram entre os titulares. ao lado de Felipe, Léo Mouta, González; Elias, Paulinho, Gabriel, Carlos Eduardo e Marcelo Moreno. O jovem Samir também teve a sua oportunidade.

Mano Menezes acompanhou a movimentação ao lado do auxiliar Jayme de Almeida. O Flamengo ainda não se manifestou sobre as razões da dispensa de Renato Abreu.

Fonte: Site Oficial do Clube
Em seu terceiro dia de trabalho no CT, Mano Menezes deu os primeiros indícios de qual deve ser seu time titular. Em treinamento tático que durou 45 minutos, os titulares atuaram em um 4-3-3 com a seguinte escalação: Felipe, João Paulo, González, Wallace e Léo Moura; Cáceres, Elias e Gabriel; Paulinho, Carlos Eduardo e Marcelo Moreno.

A primeira mudança foi o esquema tático adotado. Com Jorginho, a equipe titular nunca foi a campo com a formação tática 4-3-3. As entradas de Wallace e João Paulo também surpreenderam, pois ambos eram reservas com o ex-treinador rubro-negro. Já a escalação de Carlos Eduardo como atacante não foi surpresa. Em sua coletiva de apresentação, Mano Menezes já havia dito que Cadu seria escalado na posição que o consagrou no Grêmio em 2007.

Com 25 minutos de bola rolando, Mano Menezes começou a fazer alterações. Samir, Nixon e Diego Silva foram para o time titular nos lugares de González, Carlos Eduardo e Cáceres, respectivamente. Já na equipe reserva, entraram Bruninho e Frauches, que observavam o treinamento sentados no banco de suplentes.

Durante toda a atividade, vencida pelos titulares por 1 a 0 com gol de Gabriel, Mano Menezes fez várias interrupções para orientar taticamente o grupo. Treinou repetidamente a saída de bola e fez com que os titulares adiantassem muito a marcação. Perto do fim do treinamento, Paulinho quase fez um golaço após driblar dois marcadores. Como a bola não entrou, o jogador teve que ouvir uma brincadeira de seu treinador: "Paulinho, (o gol) pode ser feinho mesmo."

Antes do treinamento tático em que titulares e reservas se enfrentaram, o grupo realizou um treino técnico em campo reduzido, que durou uma hora e dez minutos. Os jogadores foram divididos em três equipes, e duas delas se enfrentavam enquanto a outra ficava do lado de fora do gramado apenas observando o trabalho e esperando por sua vez de participar da atividade.

Fonte: Site Oficial do Clube





quarta-feira, 19 de junho de 2013

BRASIL 2 X 0 MÉXICO - SELEÇÃO BRASILEIRA ESTÁ CLASSIFICADA NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES - VÍDEO

RESENHA - FOTOS E VÍDEO NO FINAL DO POST - MATÉRIA ATUALIZADA


Neymar - Um golaço no primeiro tempo, e um passe açucarado após jogada brilhante, para Jô marcar o segundo gol do Brasil.


Em caso de vitória hoje diante do México e,dependendo do resultado da partida entre Japão x Itália, a seleção brasileira pode garantir por antecipação sua classificação para a próxima fase de mata-mata da COPA DAS CONFEDERAÇÕES.


A partida será disputada na ARENA CASTELÃO, e o torcedor do NORDESTE se mostra sempre muito mais simpático à seleção de futebol do Brasil, daí que, o clima deve ser dentro e fora de campo, muito mais "leve e descontraído".

A seleção mexicana é tradicionalmente um "osso duro" para nossa equipe, ao menos se levarmos em conta os resultados dos últimos 7 anos. A equipe do México não se encontra em um dos seus melhores momentos, apostando suas principais fichas no talento de Chicarito, armando um ferrolho lá atrás para tentar através do contra-ataque explorar a rapidez e habilidade do atacante. Vamos ver como nossa zaga se comporta quando enfrenta um atacante com essas características.

Felipão não deve mudar nada na tarde de hoje e vai com a mesma equipe que mandou a campo contra o Japão para dar início à partida.



FICHA TÉCNICA
BRASIL X MÉXICO

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 19 de junho de 2013, quarta-feira
Horário: 16h (de Brasília)

BRASIL: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo e Paulinho; Oscar, Neymar e Hulk; Fred Técnico: Luiz Felipe Scolari

MÉXICO: Corona; Flores, Francisco Rodríguez, Héctor Moreno e Salcido; Torrado, Aquino, Guardado e Zavala; Giovani dos Santos e Chicharito Hernández Técnico: José Manuel de la Torre


Árbitro: Howard Webb (Inglaterra)´


Assistentes: Michael Mullarkey e Darrenn Cann (ambos da 
Inglaterra)












VAMOS AO JOGO


Jogo foi muito truncado e até violento em certos momentos. O Brasil jogou seu melhor futebol nos primeiros 25 minutos da partida. Depois, caiu de produção e não repetiu a boa apresentação contra o Japão. Em alguns momentos dos segundo tempo o México chegou a pressionar e encurralar a seleção brasileira, levando perigo várias vezes ao gol defendido por Júlio Cesar.


Neymar esteve sempre cercado, mas conseguiu com a sua habilidade realizar boas jogadas, como a do segundo gol do Brasil.



<>

segunda-feira, 17 de junho de 2013

RENATO ABREU E FLAMENGO RESCINDEM CONTRATO


Uma LACÔNICA NOTA da diretoria do Flamengo anunciou a rescisão do contrato com o jogador Renato Abreu ( ídolo da torcida ). O que todos perguntam é, qual a causa da rescisão ?

LEIA A NOTA OFICIAL

O Clube de Regatas do Flamengo acertou, na tarde desta segunda-feira, a rescisão de contrato do jogador Renato Abreu, que iria até o final do ano. A diretoria rubro-negra agradece a Renato pelos serviços prestados e deseja ao atleta sucesso na continuidade de sua carreira. O elenco do Flamengo se reapresenta nesta terça-feira, às 15h, no Centro de Treinamento George Helal (Ninho do Urubu).

ESPANHA VENCE URUGUAI POR 2 X 1 E CONFIRMA NA ESTREIA O SEU FAVORITISMO NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013

PODIA TER SIDO DE GOLEADA


A seleção da Espanha, cuja base é o time do BARCELONA, confirmou ontem diante da equipe do URUGUAI, a quem bateu pelo placar de 2 x 1 (que não espelha o que foi o jogo) que é a grande favorita da COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013.


Com amplo domínio das ações, a ESPANHA, até fazer seu primeiro gol  (Pedro - 20' do primeiro tempo) -  não tinha deixado o URUGUAI pegar na bola, e manteve o adversário acuado, sem conseguir passar do meio-campo. Sobre intenso bombardeio, inclusive com um chute desferido por Xavi que estourou na trave de seu goleiro MUSLERA, o Uruguai só ficou com 23% de posse de bola no primeiro tempo,contra os 77 % da Espanha, que voltou a marcar com SOLDADO aos 31' ainda na primeira etapa. O toque de bola rápido, os deslocamentos constantes e a habilidade dos jogadores espanhóis, deixaram o time uruguaio tonto. Não fosse as boas e salvadoras defesas de MUSLERA, e o Uruguai tria sido fragorosamente goleado.


No segundo tempo o panorama não mudou muito,mas, a ESPANHA nitidamente reduziu a sua volúpia em atacar. Continuou colocando o time uruguaio na roda. Coma entrada de LODEIRO e FORLÁN, a seleção uruguaia subiu umpouco de produção e conseguiu nos últimos 15' da partida equilibrar o jogo. Suárez, aos 43' cobrando falta que ele mesmo havia sofrido, conseguiu descontar o placar.

Ficou claríssimo que, apesar de jogar em casa com o apoio da torcida, de contar com excelentes jogadores, a seleção brasileira vai ter muito trabalho para vencer a ESPANHA, caso a tão esperada final entre as duas seleções aconteça. A ESPANHA é a FAVORITA, até mesmo pela "FRIEZA", misturada com "vontade" com que se coloca em campo.



FICHA TÉCNICA

Espanha 2 x 1 Uruguai


Gols
Espanha: Pedro, aos 20min, e Soldado, aos 31min do 1º tempo
Uruguai: Suárez, aos 43min do 2º tempo


Espanha: Casillas; Arbeloa, Piqué, Sergio Ramos e Alba; Busquets e Xavi (Martínez); Pedro (Mata), Fabregas (Cazorla) e Iniesta; Soldado. Técnico: Vicente del Bosque


Uruguai: Muslera; Maxi Pereira, Lugano, Godín e Cáceres; Pérez (Forlán), Gargano (Lodeiro) e Cristian Rodríguez; Gastón Ramírez (Álvaro González); Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez


Cartões amarelos
Espanha: Piqué e Arbeloa
Uruguai: Cavani e Lugano


Árbitro
Yuichi Nishimura (Japão)









Local
Arena Pernambuco, Recife (PE)

domingo, 16 de junho de 2013

ITÁLIA 2 X 1 MÉXICO - AZURRA COMEÇA BEM A COPA DAS CONFEDERAÇÕES - VÍDEO




Vladimir Platonow
Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro – A seleção da Itália bateu o México por 2 a 1, em uma tarde de futebol alegre
 movimentado em campo, mas de protestos e violência do lado de fora do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, durante manifestação de estudantes que entraram em choque com a polícia. Nas arquibancadas, a torcida de 72 mil pessoas se dividiu entre os coloridos mexicanos e os barulhentos italianos.

O placar foi aberto pelo italiano Pirlo, de falta, aos 27 minutos do primeiro tempo. O México não se abateu e continuou atacando, ainda que sem muita objetividade. O prêmio veio em seguida, aos 34 minutos, com um gol de pênalti batido por Javier “Chicharito” Hernandez. Nas arquibancadas, o clima era de festa, com os brasileiros, mexicanos e italianos vibrando juntos, lado a lado, sem qualquer incidente.

Na segunda etapa, as duas equipes começaram com mais cautela e diminuíram um pouco o ritmo. Aos 33 minutos, o centroavante Balotelli recebe uma bola dentro da área e chuta sem chances para o goleiro Corona, do México.

O Brasil enfrenta o México na próxima quarta-feira (19), em Fortaleza, às 16h. No mesmo dia, a Itália joga contra o Japão, no Recife, às 19h.

Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



Ficha técnica (Portal Terra)
MÉXICO 1 x 2 ITÁLIA

Gols
MÉXICO:
Chicharito Hernández, aos 34min do 1º tempo, Renato Cajá, aos 26min, e Guilherme, aos 34min do 2º tempo
ITÁLIA:
Pirlo, aos 27min do 1º tempo, e Balotelli, aos 33min do 2º tempo

MÉXICO: Corona; Flores, Francisco Rodríguez, Hector Moreno e Salcido; Torrado, Zavala (Jiménez), Guardado e Aquino (Mier); Giovani dos Santos e Chicharito Hernández
Treinador: Jose Manuel de la Torre

ITÁLIA: Buffon; Abate, Barzagli, Chiellini e De Sciglio; Pirlo, De Rossi e Montolivo; Marchisio (Cerci) e Giaccherini (Aquilani); Balotelli (Gilardino).
Treinador: Cesare Prandelli

Cartões amarelos
MÉXICO: Moreno e Giovani dos Santos
ITÁLIA: Barzagli e De Rossi

Árbitro
Enrique Osses (CHI)

Local
Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro

sábado, 15 de junho de 2013

BRASIL 3 X 0 JAPÃO - ABERTURA DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013 - FOTOS E VÍDEOS - COBERTURA COMPLETA DO JOGO

BELA VITÓRIA DO BRASIL


NEYMAR - O atacante fez uma das suas melhores partidas pela seleção brasileira. Além de marcar um golaço, o primeiro da Copa das Confederações 2013, Neymar mostrou muita vontade e foi pra ciam dos zagueiros da seleção do Japão. Saiu contundido na metade do segundo tempo, sendo substituído por Lucas. 


A COPA DAS CONFEDERAÇÕES começa hoje (15/06) e BRASIL X JAPÃO fazem no Monumental Estádio MANÉ GARRINCHA em Brasília o jogo de abertura. Acompanhe aqui, com um show de fotos e videos, tudo sobre a partida. 

O PALCO DA PARTIDA DE ABERTURA
ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRINCHA
CONHEÇA EM VÍDEO

FESTA DE ABERTURA - YOUTUBE



A CAMISA DA SELEÇÃO BRASILEIRA


A CAMISA DA SELEÇÃO DO JAPÃO


O TÉCNICO DO BRASIL


O TÉCNICO DO JAPÃO


JOGADOR DESTAQUE DO BRASIL - NEYMAR



JOGADOR DESTAQUE DO JAPÃO - OKAZAKI


FICHA TÉCNICA DO JOGO

BRASIL 3 X 0 JAPÃO

BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho, Hulk (Hernanes), Oscar e Neymar (Lucas); Fred (Jô). Técnico: Felipão.

JAPÃO: Kawashima, Uchida, Konno, Yoshida, Nagatomo; Endo (Hosogai), Hasebe; Honda (Inui), Kagawa, Kiyotake (Maeda); Okazaki. Técnico: A. Zaccheroni. 

Gols: Neymar, aos 3' - 1º Tempo; Paulinho, aos 3'e Jô, aos 48'- 2º Tempo

Cartões amarelos: Hasebe (JAP)

ÁRBITRO - Pedro Proença - Portugal - Quase não errou, não interferiu no resultado. Os bandeirinhas também marcaram com precisão os impedimentos.






Paulinho marcou o segundo gol do Brasil


Jô, após excelente arrancada de Oscar, recebeu nas costas da zaga do Japão e marcou o terceiro da seleção brasileira, fechando o placar da partida.


A seleção brasileira fez uma boa partida na abertura da Copa das Confederações. O time foi aplicado, jogou com vontade, esteve bem armado na defesa, não dando praticamente nenhuma chance ao time da seleção do Japão, que acertou dois chutes no gol, defendidos por Júlio Cesar e uma finalização, a mais perigosa de todas, que passou raspando à trave.

VÍDEO YOUTUBE


O domínio de bola do Brasil foi amplo, com boas arrancadas dos laterais, especialmente pelo lado esquerdo com Marcelo. Ainda falta muito para um melhor entrosamento, mas a equipe mostrou progresso importante. Conseguindo marcar 3 gols e criar algumas outras boas oportunidades.

Não foi brilhante, mas, foi uma atuação "tranquilizadora", de uma equipe que caminha para jogar um futebol levá-la ao título. Vamos ver diante de equipes mais fortes do que o Japão como o time se comporta, quando for verdadeiramente atacado.
<>

Seguidores