A Guerra em São Januário

segunda-feira, 17 de junho de 2013

ESPANHA VENCE URUGUAI POR 2 X 1 E CONFIRMA NA ESTREIA O SEU FAVORITISMO NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013

PODIA TER SIDO DE GOLEADA


A seleção da Espanha, cuja base é o time do BARCELONA, confirmou ontem diante da equipe do URUGUAI, a quem bateu pelo placar de 2 x 1 (que não espelha o que foi o jogo) que é a grande favorita da COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013.


Com amplo domínio das ações, a ESPANHA, até fazer seu primeiro gol  (Pedro - 20' do primeiro tempo) -  não tinha deixado o URUGUAI pegar na bola, e manteve o adversário acuado, sem conseguir passar do meio-campo. Sobre intenso bombardeio, inclusive com um chute desferido por Xavi que estourou na trave de seu goleiro MUSLERA, o Uruguai só ficou com 23% de posse de bola no primeiro tempo,contra os 77 % da Espanha, que voltou a marcar com SOLDADO aos 31' ainda na primeira etapa. O toque de bola rápido, os deslocamentos constantes e a habilidade dos jogadores espanhóis, deixaram o time uruguaio tonto. Não fosse as boas e salvadoras defesas de MUSLERA, e o Uruguai tria sido fragorosamente goleado.


No segundo tempo o panorama não mudou muito,mas, a ESPANHA nitidamente reduziu a sua volúpia em atacar. Continuou colocando o time uruguaio na roda. Coma entrada de LODEIRO e FORLÁN, a seleção uruguaia subiu umpouco de produção e conseguiu nos últimos 15' da partida equilibrar o jogo. Suárez, aos 43' cobrando falta que ele mesmo havia sofrido, conseguiu descontar o placar.

Ficou claríssimo que, apesar de jogar em casa com o apoio da torcida, de contar com excelentes jogadores, a seleção brasileira vai ter muito trabalho para vencer a ESPANHA, caso a tão esperada final entre as duas seleções aconteça. A ESPANHA é a FAVORITA, até mesmo pela "FRIEZA", misturada com "vontade" com que se coloca em campo.



FICHA TÉCNICA

Espanha 2 x 1 Uruguai


Gols
Espanha: Pedro, aos 20min, e Soldado, aos 31min do 1º tempo
Uruguai: Suárez, aos 43min do 2º tempo


Espanha: Casillas; Arbeloa, Piqué, Sergio Ramos e Alba; Busquets e Xavi (Martínez); Pedro (Mata), Fabregas (Cazorla) e Iniesta; Soldado. Técnico: Vicente del Bosque


Uruguai: Muslera; Maxi Pereira, Lugano, Godín e Cáceres; Pérez (Forlán), Gargano (Lodeiro) e Cristian Rodríguez; Gastón Ramírez (Álvaro González); Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez


Cartões amarelos
Espanha: Piqué e Arbeloa
Uruguai: Cavani e Lugano


Árbitro
Yuichi Nishimura (Japão)









Local
Arena Pernambuco, Recife (PE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores