A Guerra em São Januário

domingo, 16 de junho de 2013

ITÁLIA 2 X 1 MÉXICO - AZURRA COMEÇA BEM A COPA DAS CONFEDERAÇÕES - VÍDEO




Vladimir Platonow
Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro – A seleção da Itália bateu o México por 2 a 1, em uma tarde de futebol alegre
 movimentado em campo, mas de protestos e violência do lado de fora do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, durante manifestação de estudantes que entraram em choque com a polícia. Nas arquibancadas, a torcida de 72 mil pessoas se dividiu entre os coloridos mexicanos e os barulhentos italianos.

O placar foi aberto pelo italiano Pirlo, de falta, aos 27 minutos do primeiro tempo. O México não se abateu e continuou atacando, ainda que sem muita objetividade. O prêmio veio em seguida, aos 34 minutos, com um gol de pênalti batido por Javier “Chicharito” Hernandez. Nas arquibancadas, o clima era de festa, com os brasileiros, mexicanos e italianos vibrando juntos, lado a lado, sem qualquer incidente.

Na segunda etapa, as duas equipes começaram com mais cautela e diminuíram um pouco o ritmo. Aos 33 minutos, o centroavante Balotelli recebe uma bola dentro da área e chuta sem chances para o goleiro Corona, do México.

O Brasil enfrenta o México na próxima quarta-feira (19), em Fortaleza, às 16h. No mesmo dia, a Itália joga contra o Japão, no Recife, às 19h.

Edição: Graça Adjuto
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil



Ficha técnica (Portal Terra)
MÉXICO 1 x 2 ITÁLIA

Gols
MÉXICO:
Chicharito Hernández, aos 34min do 1º tempo, Renato Cajá, aos 26min, e Guilherme, aos 34min do 2º tempo
ITÁLIA:
Pirlo, aos 27min do 1º tempo, e Balotelli, aos 33min do 2º tempo

MÉXICO: Corona; Flores, Francisco Rodríguez, Hector Moreno e Salcido; Torrado, Zavala (Jiménez), Guardado e Aquino (Mier); Giovani dos Santos e Chicharito Hernández
Treinador: Jose Manuel de la Torre

ITÁLIA: Buffon; Abate, Barzagli, Chiellini e De Sciglio; Pirlo, De Rossi e Montolivo; Marchisio (Cerci) e Giaccherini (Aquilani); Balotelli (Gilardino).
Treinador: Cesare Prandelli

Cartões amarelos
MÉXICO: Moreno e Giovani dos Santos
ITÁLIA: Barzagli e De Rossi

Árbitro
Enrique Osses (CHI)

Local
Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores